quinta-feira, 22 de março de 2012

INFERNO ASTRAL





...Entao o cisne nao quis comemorar o dia da agua, em Waterloplein. Preferiu tirar uma soneca. Porque, as vezes, a vida e assim. Tudo fica chato. Tudo e inferno astral. 


Postado por Luis Fabiano Teixeira COMENTARIOS

2 comentários:

Tiago Cardoso disse...

Quando eu tô assim, tbm prefiro dormir.

Luck® disse...

"Te ver e não te querer, é improvável, é impossível!" (TE VER, Skank)

Correr o risco de se apaixonar intelectualmente já sabendo que se vai querer mais, dói mesmo antes de se apaixonar! É um antecipar o choque contra a parede. É essa a imagem que eu faço.

Não, não me desencanto e, como lê nas linhas acima, é mais do que o contrário disso.

A paixão intelectual (se é que existe outra) pode se realizar a distância. Mas daí eu creio que sou "antigo", "careta", "piegas"... Ou, vai ver, é simples defeito meu (mais um!):

Gostar de uma pessoa me grita abraços demorados; Exige deitar lado a lado e olhar pra cima, sem que outra coisa se imponha a não ser cumplicidade.

E a distância, meu caro, é um castigo, uma daga que fere sem fim. "Quem mandou se permitir gostar?", me acusa a consciência.

Agora me vingo de mim, me castigo. "Seja adulto", "Não exagere", "Não demonstre interesse", "seja forte"... Todas essas coisas que maltratam um pouco mais, a fim de calejar, encrudescer o que antes fora dilacerado.

....

No mais, as vezes em que participo de seu blogue, o interlocutor é um outro visitante.

Relaxe: Só não há dois patinhos naquela lagoa porque você não postou o endereço.