segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

ERA UMA VEZ CAPITU


A Globo perdeu a chance de fechar o ano das comemorações do centenário da morte de Machado de Assis em grande estilo. A microssérie “Capitu” que vinha sendo anunciada como uma das melhores coisas da TV no ano não passou de uma repetição de “Hoje é Dia de Maria” e “A Pedra do Reino”, todas dirigidas por Luiz Fernando Carvalho. Foi uma pena ver o texto saboroso de Machado se perdendo na boca de Michel Melamed, naquele ritmo convulso de videoclipe. Tudo isso para aproximar os leitores jovens da obra de Machado? A audiência mais uma vez mostrou o contrário. Apenas José Dias, interpretado por Antônio Karnewale, foi brilhantíssimo rs.
Uma análise mais apurada de "Capitu" se encontra num comentário que deixei no blog do Zeca Camargo e que teve uma ótima repercussão. Para quem se interessar e quiser conferir, o link do blog do Zeca está entre os meus favoritos, logo à direita.

3 comentários:

Gato-do-mato disse...

Sinceramente eu gostei da minissérie. Não sou um grande crítico televisivo e tão menos gosto desse meio. Mas achei a história envolvente e fiel ao livro.

Li o livro várias vezes...

Não vi nenhuma das outras minisséries comentadas... Mas quanta a Capitu não perdi nenhum capítulo e gostei de como foi mostrados os sentimentos e a tensão da história.

Mas lerei a postagem do Zeca e o seu comentário.

Abraços, saudades!

Clarita - C disse...

Infelizmente só vi partes do 3° capítulo. Mas, vou seguir a dica e ir no blog do Zeca tbm! ^^ *mas confio na tua análise! ;)

splendid disse...

balenciaga handbag
balenciaga handbags
balenciaga
balenciaga bags