quinta-feira, 10 de setembro de 2009

MINUTOS DE FILOSOFIA

Theo Roos, Mona Dorf (a mediadora) e Marcia Tiburi

Nunca fui muito fã de Filosofia, torcia sempre o nariz, quando tinha que estudar a matéria no colégio ou na faculdade, acho até que fui o único da minha turma que não leu “O Mundo de Sofia”, um livro que virou moda, nos anos 90. Mas, no domingo passado, em meio ao feriadão com chuva, fui à Tarrafa Literária, espécie de Flip santista, num bate-papo com o filósofo alemão Theo Roos e a Marcia Tiburi (sim, aquela mesma do Saia Justa), e saí de lá bem animado pra devorar tudo que encontrasse sobre Nietzsche. Já estive em alguns encontros de escritores, assim, mas nenhum foi tão prazeroso. Sem contar que ainda vi o Zuenir Ventura de pertinho.

Theo Roos também é músico e o bate papo foi pontuado por algumas de suas canjas. No repertório, músicas lindas de Van Morrison e Bob Dylan. “Por que uma apresentação filosófica não pode ser como um espetáculo de rock?” – provocou. Ele defende uma Filosofia mais prática, próxima das pessoas. “Temos que nos tornar os poetas de nossas vidas. A arte não é primazia só do artista”, sugeriu fazendo uma alusão àquela famosa frase de Nietzsche, “Faça da sua vida uma obra de arte”. Já a Marcia Tiburi, embora não tão romântica quanto Roos, também defende essa Filosofia na vida real, mas com alguma reserva. “Com Filosofia você só aprende a ser um funâmbulo”, e antes mesmo que todos se questionassem “Que raios vem a ser essa criatura?”, foi logo emendando: “Funâmbulo é aquele que vive na corda bamba”. Ela deixou bem claro que não se pode confundir Filosofia com livros de auto-ajuda e que precisamos aprender a pensar. “Está faltando, no Brasil, a gente dar a cara a bater, criticar, ser criticado, ter coragem de expor idéias. O Brasil do meio intelectual, acadêmico, dos meios de comunicação está muito covarde. Nós estamos muito covardes. O nosso governo é pra lá de covarde e essa covardia tem a ver com o nosso medo do que pode acontecer. Eu acho que vamos ter que enfrentar isso e a linguagem como arma do pensamento lúcido é o nosso caminho desse momento histórico. Nós temos que nos preparar ainda para viver os alcances da arte”, finalizou.

A minha dica para quem quer, como eu, conhecer melhor a Filosofia é Nietzsche, claro, mas vou só comentar uma matéria bem interessante que li numa revista MTV antiga, de nº 50, sobre os “50 imortais da música brasileira”. O texto é de Ademir Correa e chama-se “mora na filosofia”. Ele selecionou e adaptou para uma linguagem moderninha dez teorias filosóficas para a vida prática. O que Nietzsche pensa sobre a vida, por exemplo, tá escrito assim: "Vá à luta, independentemente de quantas vezes você tropeçará no cadarço do tênis desamarrado". Achei um barato. Pra não perder a piada, o meu amigo Flávio Michelazzo, com o seu humor inglês de sempre, me veio com essa: “Não use tênis”. Simples assim rs.

Bem, volto depois com as novidades da minha expo nova, dentro de um coletivo de arte, de Santos, que deve rolar no comecinho de outubro e mais as minhas impressões sobre a exposição “Matisse Hoje”, na Pinacoteca. Abraços e beijos! E a vida segue tranquila.

11 comentários:

Gilson disse...

Fabiano

Sou fã de Filosofia, mas concordo com você, tem que ser algo mais light e bem focado para nossos momentos atuais.Estou tentando ler um pouco de Nietzsche mas atualmente está praticamente impossível, estou comprando livros e acumulando nas parteleiras e cantos da casa.
Legal tua visita lá no Blog, nunca vai encontrar algo tão profundo como aqui, mas sempre procuro criar algo um pouco inteligível...rs.r.s.....
Cara ri muito depois que li o primeiro parágrafo e fui obrigado a incluir a observação que eu não estava cheirado quando escrevi...rs..rs.......muito louca nossa mente.

Abraços

HSLO disse...

Adorei o Mundo de Sofia...uma forma maravilhosa de aprender filosofia.


abraços


Hugo

Rafael Lopes disse...

Olá Luis Fabiano, tudo certo??

Bem, visitando seu blog, gostei demais cara.

Já estou te seguindo aqui

abraço
boa sexta

Cristiano Contreiras disse...

Achei interessante O Mundo de Sofia, sabe: o livro me despertou mais ainda o interesse pra leitura, numa época que eu lia apenas certas temáticas.

O livro é uma viagem na História da Filosofia, nos concebeu pinceladas sobre o Ocidente...levantou questões de pensadores diversos, mostra questões existenciais, questionamentos, coisas didáticas, eu achei muito interessante.

Gostei muito da proposta do Jostein Gaarden.

Do Zueni eu li e tenho um livro muito bom, da coleção Plenos Pecados - "Mal secreto", gosto muito, bem jornalístico e com boa trama.

E Nietzche também virou modismo, lembre-se disso, mas ele é gênio e o pouco que conheço me define em alguns aspectos.

Estou doido pra conferir Matisse na Pinacoteca, quem sabe eu apareça? rs

abraço, amigo!

Valdeir Almeida disse...

Luís,

Não sou um conhecedor da poesia, mas gosto desta ciência. Ela estimula nosso pensamento e reflexão.

Óbvio que o "fraco" dela é a abordagem rebuscada e quase marciana da vida. Por isso ela deveria socializar suas teorias como outras ciências fazem.

E, por fim, é preciso transformá-la em poesia.

Abraços.

Jay e Alê disse...

Oi Luis,
claroq ue gostamos de passar por aqui sim, afinal a gente está sempre aprendendo e com certeza aqui é um espaço privilegiado pra gente aprender sobre arte e cultura em geral. Eu, (jay) gosto de filosofia e sempre leio algo. Um filosofo que me chamou a atenção na sua compreensão sobre arte é o Alemão Walter Benjamin (1882-1940) pertencente a escola de Frankfurt. Bom hj já nem sei tanto mais sobre ele além disso hehehehe, mas me lembro que a visão dele me chamou muito a atenção. E Por fim, claro, gostei do post de hoje.
É sempre bom ver suas pegadas entre nós.
Abraço e bom fim de semana.
Jay

railer disse...

nunca li sofia...

Abraão Vitoriano disse...

Oi Luis,
é a minha primeira vez no seu lugar, e garanto que gostei muito do que li... absorvi coisas bem legais numa visão particular, o que é raro...

quanto a filosofia, é um tema que adoro bastante, mesmo achando que alguns carregam demais no vocabulário e abordagens de questões puramente simples... e li "o mundo de sofia"...

abraços,
e continuemos...!

Larita disse...

Little Sheep! :)
td bem!?

"Faça da sua vida uma obra de arte” - vc como ngm sabe fazer isso! ^^

Amei: "não use tênis", realmente, é simples assim! ^^


E, mundo de Sofia!? eu li, mas confesso que não lembro nada do que li =x acho q pra mim esse livro não foi mto interessante, né? *rs


Expo nova!? uhuuuuuul! \o/
qro saber tudoo!!

te amo!
saudades

Gilson disse...

Tudo bem cara??
Sumiu???

Abraços

Gilson disse...

Oi Luiz,

Parabéns pelo Blog de cara nova.
Estamos sentindo falta de seus posts, aparece.

Forte abraço